Sergio Mota

fevereiro 21, 2011


Recebi por e-mail esta foto de Sergio Mota ainda menino em 1974, com o título de "está no DNA". Não é para menos, pois ele desde criança quis ter uma Vespa e acima dá suas primeiras aceleradas numa elétrica de brinquedo. Hoje Sergio anda pelo Rio em sua Vespa LXV, na minha opinião talvez a mais bonita das Vespas CVT.


Mais fantástica que esse belo registro foi mesmo a maneira inusitada que o conheci. Ontem, dia 20 de fevereiro, fomos em dois casais de confrades da Rio Vespa assistir um espetáculo onde atua um outro confrade. O evento que mistura teatro e música, recomendadíssimo, é o ShakesParque, em cartaz no Parque Lage. Pois após a peça ficamos aguardando no estacionamento o confrade Otto, que interpreta Lord Macbeth, e lá estava a LXV do Sergio. Eis que chegam Sergio e Otto quase ao mesmo tempo, o que resultou num autêntico encontro de vespistas. Saímos pelo Jardim Botânico num ensaio do que pode ser futuramente um passeio noturno da CRVC.


De brinde ainda ganhei a foto que o Sergio fez do Otto e de mim pouco antes de partirmos. Não ficou com um clima interessante de publicidade da década de 1970? Bem vindo Sergio, em termos de Vespa você tem boa companhia de agora em diante.

[Foto: (1 e 3) Sergio Mota e arquivo pessoal (2) Leonardo Dueñas]

► Participe da seção Feliz Proprietário, enviando uma foto com sua motoneta para ser publicada no blog. Entre no meu perfil e envie um e-mail com a imagem e algumas palavras sobre você e sua motoneta.

Você também pode gostar

3 comentários

  1. Leo, que beleza de texto! Muito obrigado. Não poderia ser mais bem recepcionado com esse texto. Estou me sentindo um verdadeiro vespista. Muito obrigado! Adorei.
    Abraço grande

    ResponderExcluir
  2. Boa! Tem mais fotos dessa Vespa laranja?

    ResponderExcluir
  3. Gustavo, a laranja é a PX200 do Otto, há mais fotos dela no blog da CRVC: http://riovespa.blogspot.com/

    Abraço,
    Leo

    ResponderExcluir

© 2010-2017 Leonardo Westphalen Dueñas